Lugares para visitar em Sergipe pós-pandemia

Lugares para visitar em Sergipe pós-pandemia

Para quem deseja conhecer praias e outras belas paisagens naturais, fazer trilhas e experimentar uma culinária diferente e bastante típica, Sergipe é o local ideal: pequeno em território, mas imenso em variedades culturais e turísticas. O clima do estado favorece a quem o visita, pois é impossível não aproveitar o sol que dura praticamente o ano inteiro. Existem lugares em Sergipe que ninguém pode deixar de visitar. Mas, claro, somente quando a pandemia passar.

Em Aracaju, há uma diversidade de atrativos turísticos, com um diferencial: todos relativamente próximos, o que favorece a logística para uma melhor experiência do turista. Considerada a cidade da qualidade de vida, Aracaju oferece como um de seus mais importantes destinos a Orla de Atalaia, uma das mais bonitas do Brasil. O local conta com ótima infraestrutura, dispondo de ciclovias, espaços para caminhada e práticas de esportes, lagos, pedalinhos e restaurantes que permitem ao turista saborear a gastronomia local e em seguida tomar um delicioso banho de mar na Praia de Atalaia.

Lugares para visitar em Sergipe pós-pandemia 1

Já os que desejam viver uma experiência imersiva podem encontrar na Crôa do Goré uma boa pedida. Trata-se de uma pequena ilha de areia branca que surge na maré baixa, no rio Vaza Barris, acessível através de lanchas, barcos ou catamarãs, com viagens que duram aproximadamente 15 minutos. As paisagens de manguezais são um atrativo à parte, e, ao cair da tarde, é possível acompanhar na Orla do Pôr do Sol, como sugere o próprio nome, o mais belo pôr do sol.

Lugares para visitar em Sergipe pós-pandemia 2

Para quem deseja conhecer a história e a cultura, o Museu da Gente Sergipana, primeiro museu multimídia do Nordeste, é uma ótima opção. Ainda no centro da cidade, encontramos os mercados Antônio Franco, fundado em 1929, e Thales Ferraz, de 1949. Formando um complexo integrado, os mercados reúnem uma grande variedade de artesanatos, literatura de cordel, doces típicos e artefatos históricos.

Lugares para visitar em Sergipe pós-pandemia 3

Turismo cultural e religioso

Distante 25 km da capital, São Cristóvão é a quarta cidade mais antiga do Brasil e o destino ideal para quem deseja conhecer uma arquitetura deslumbrante e viver uma intensa experiência cultural, histórica e religiosa. Tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional ( IPHAN), a cidade abriga a Praça São Francisco, verdadeiro patrimônio do povo sergipano e brasileiro, além de ser considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO. Hoje, o local é palco de eventos como o já renomado Festival de Artes de São Cristóvão (FASC), assim como procissões, serestas, apresentações de grupos folclóricos e outras festas.

São Cristóvão conta ainda com um rico acervo arquitetônico e várias igrejas, como a Igreja Matriz de Nossa Senhora das Vitórias, a Igreja do Rosário dos Homens Pretos, a Igreja e Convento de São Francisco e a Igreja da Ordem Terceira – conhecida como Igreja de Nosso Senhor dos Passos. Outro templo de destaque é a Igreja e Convento do Carmo, onde Irmã Dulce deu os primeiros passos de sua carreira religiosa entrando para a Congregação das Irmãs Missionárias da Imaculada Conceição da Mãe de Deus. Foi em São Cristóvão que Irmã Dulce fez sua profissão de fé e votos perpétuos em 1933, após seis meses de noviciado.

Lugares para visitar em Sergipe pós-pandemia 4

O turismo histórico também é forte na cidade de Laranjeiras, distante 22 km da capital, afinal, por lá, a força da arquitetura colonial se mantém visível ainda hoje. Ruas, casarios, igrejas: tudo respira a mais pura história. A cidade resguarda templos, teatros e museus tombados pelo IPHAN. Além de guardar em sua história a tradição das culturas indígena, portuguesa e negra, a cidade é berço de alguns dos grupos folclóricos mais famosos do Estado. Reisado, Taieiras, Lambe-Sujos e Caboclinhos, Cacumbi, São Gonçalo, Chegança e Samba de Coco estão entre as manifestações que integram o folclore local, assim como as quadrilhas juninas.

Lugares para visitar em Sergipe pós-pandemia 5

Interior

A aproximadamente 200km de Aracaju, no município de Canindé de São Francisco, você poderá se encantar com os Cânions do Rio São Francisco, quinto maior navegável do mundo, localizado no lago de Xingó, o trajeto de aproximadamente 15 KM é realizado através em Catamarã ou lancha. Durante o percurso é possível encontrar rochas areníticas que parecem ter sido talhadas à mão, são formações rochosas que ganham nomes interessantes, como pedra do Gavião, Morro dos Macacos e pedra do Japonês.

Lugares para visitar em Sergipe pós-pandemia 6

No município Brejo Grande, onde é localizada a Foz do Rio São Francisco, encontram-se dunas e restingas, intercaladas por lagoas e apicuns, podendo visualizar o encontro do Velho Chico com o Oceano Atlântico. É neste cenário que fica o Cabeço: situado nas margens do Rio São Francisco, um povoado que era uma comunidade tradicional de pescadores e foram obrigados a fugir das forças das águas por conta da diminuição da vazão do São Francisco, quando no represamento em 1995 para construção da Usina de Xingó. Um farol construído pelos holandeses em 1870, cravado no meio do mar, é testemunha dessa história e da antiga vila que está agora submersa aos seus pés. O lugar tem uma beleza singular e o passeio vale muito a pena.

Indo em direção ao norte, entre Alagoas e Sergipe, a paisagem da foz do Rio São Francisco rende um ótimo passeio ao ar livre. Além da bela mata ciliar, o local oferece o contato com os moradores, que tiram seu sustento da pesca. A atração requer o olhar atento de quem deseja contemplar o encontro das águas, que oferece um espetáculo de beleza singular com sua coloração discreta.

Lugares para visitar em Sergipe pós-pandemia 7

Já no litoral Sul de Sergipe, a 76 km de Aracaju, fica uma das praias mais famosas do Estado: a Praia do Saco. Com seu mar azul e areia de aspecto fino, a praia abriga dunas que permitem uma visão panorâmica. Um dos trechos mais bonitos é a Ponta do Saco, onde se consegue ver de um lado o rio e do outro o mar. Com diversos restaurantes e proporcionando grande tranquilidade, a Praia do Saco é um ótimo lugar para passeios em família.

Lugares para visitar em Sergipe pós-pandemia 8

Bem próximo à Praia do Saco, no município de Estância, está situada a Lagoa dos Tambaquis. A principal atração do local, que parece uma fazenda, nasceu a partir do acúmulo da água da chuva e era reconhecida inicialmente como Lagoa Azul. Logo, os moradores da redondeza se encarregaram de habitar a lagoa com tambaquis, fazendo com que a atração mudasse de nome. Na lagoa, os peixes nadam próximo aos banhistas e se alimentam em suas mãos.

Lugares para visitar em Sergipe pós-pandemia 9

Outra opção de passeio para quem ama animais e gosta de estar em contato com a natureza é o Parque dos Falcões, na Serra de Itabaiana. É o único centro de criação, multiplicação e preservação de aves de rapina da América do Sul. É também o único local do país com autorização do Ibama para a criação dessas aves, que tem o objetivo de salvar e proteger as espécies que habitam o céu brasileiro. O Parque tornou-se uma referência no manejo, reprodução e reabilitação desses animais, reunindo grande conhecimento sobre seu comportamento. O Parque dos Falcões está aberto ao público todos os dias da semana.

Lugares para visitar em Sergipe pós-pandemia 10

Além de todos esses lugares, Sergipe também dispõe de inúmeras cachoeiras. Dentre elas, a Cachoeira de Macambira, que fica localizada próximo ao município de mesmo nome, a 85 km de Aracaju. Para chegar à cachoeira é preciso pegar um trecho de estrada de barro de cerca de 6 km, sendo possível deixar o carro bem perto do local. Já no município de Lagarto, o acesso à Cachoeira do Saboeiro é garantido após 7 km de caminhada. O Parque Nacional da Serra de Itabaiana também é excelente para caminhadas e banhos de rio e cachoeiras. É possível ir de carro até uma parte do percurso.

O que não falta em Sergipe são lugares para visitar. Tem para todo gosto, seja praia, rio, orla, museu, igrejas, parques e praças. Todos esses lugares continuarão disponíveis após o fim da pandemia, prontos para receber novos e antigos visitantes de braços abertos.
Venha sentir Sergipe você também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *